Combatendo o desengajamento: saiba como atingir o estado de flow

Combatendo o desengajamento: saiba como atingir o estado de flow

O desengajamento — A falta de engajamento vem devastando carreiras e organizações e, na maioria das vezes, indivíduos não sabem como lidar com isso. Líderes não sabem exatamente como motivar e desafiar seus times, e, como consequência, a rotatividade se torna alta, ao mesmo tempo em que a produtividade e resultados se tornam cada vez menores. Fora isso, carreiras que poderiam ser brilhantes, são despedaçadas.

Viver desengajado ou ter um time desengajado não é uma realidade saudável e muito menos aceitável, não é mesmo? Vamos olhar agora o outro lado da moeda, o estado de flow ou engajamento.

O estado de flow
O principal pesquisador da teoria do flow foi o professor de psicologia Mihaly Csikszentmihaly, que comenta que podemos perceber as seguintes características quando atingimos esse estado:

  • Sabemos que o que precisa ser feito é possível, ainda que difícil;
  • A sensação de tempo desaparece;
  • Você se sente parte de algo maior do que vocês mesmos.

Pense por um momento em quais situações de sua vida pessoal ou profissional você se identifica com o estado de flow ou engajamento. Muitos citam um projeto desafiador que foi realizado ou uma fase em que as coisas simplesmente fluíram.

desengajamentoComo atingir o flow?

O flow ocorre quando dois elementos se encaixam perfeitamente. Se você conseguiu identificar uma situação pessoal, vai se familiarizar com esses elementos:

1. A atividade é intrinsecamente motivadora
O primeiro elemento indica que, para entrar em flow, precisamos realmente gostar e querer realizar a atividade ou profissão. Não existe engajamento de fora para dentro, é necessário encontrar significado para o que fazemos e trazer motivação de dentro para fora.

Isso envolve questões como objetivos pessoais, o significado que atrelamos às atividades, valores que são satisfeitos ao se executar e, principalmente, a utilização de nossas forças e talentos em nossas funções.

2. Relação entre desafio e competência
O segundo elemento mostra a necessidade de o nível do desafio estar à altura da nossa competência para resolvê-lo. Ou seja, à medida que nossas habilidades e competências aumentam, nos sentimos entusiasmados e no controle para lidar com os desafios.

Em resumo, se formos já bastante habilidosos ou competentes, podemos aumentar o nível do desafio para entrar em flow. Já se o desafio nos preocupa ou traz ansiedade, é importante que busquemos de imediato nos desenvolver para estar à altura dele, e assim voltar ao estado de flow.

Nesse ponto, quero promover a seguinte reflexão em você leitor: em sua realidade atual, onde você se encaixa na relação entre desafios e habilidades?

Por que atingir o flow?
Independente de onde você se encaixe na relação de desafios e habilidades, buscar o flow faz parte da busca por uma vida mais significativa. Pessoas que vivem em flow apresentam:

  • Mais envolvimento e fluidez em suas atividades profissionais, pois estão verdadeiramente engajadas;
  • Maior foco e produtividade, pois se desafiam constantemente e estão intrinsecamente motivados;
  • Sentem emoções positivas, como a alegria, ao exercer suas funções;
  • Possuem a sensação de expansão e pleno desenvolvimento de seu potencial.

Vamos pensar juntos: é possível competir com alguém com essas características? Pois é! Não à toa que pessoas engajadas são capazes de atingir muito mais resultados do que as demais.

Conclusão
A diferença de performance e realização pessoal entre uma pessoa em flow e outra desengajada é simplesmente avassaladora para ser negligenciada. Uma boa notícia é que os elementos que promovem o flow e o engajamento estão totalmente sob nosso controle.

Eles envolvem uma motivação genuína (intrínseca) e a medida certa entre a dificuldade do desafio que nos submetemos e o grau de nossas habilidades.

* Nós, da agência de Marketing Digital 360 Zeal, oferecemos serviços para empresas que querem mostrar seus produtos na Internet, unindo o online e o offline. Entre em contato com nossa equipe!

Fonte: Administradores.

Deixe um comentário